Uma Análise de Meghan Markle

Meghan Markle apareceu ontem deslumbrante com um vestido vermelho Valentino da coleção Primavera-Verão de 2013.

IMG_4536

Uma aparição dessas com 7 meses de gravidez não pode ficar sem análise! Por isso, hoje vamos falar um pouco do modelo do vestido para o seu tipo físico.

Corpo de Meghan

Como falamos no artigo “Em defesa das Duquesas“, o formato do corpo de Meghan é o triangulo invertido com pouca cintura, fazendo com que o corpo dela seja, na verdade, uma mistura de triangulo invertido e retângulo.

IMG_4552.2

Na montagem acima podemos entender melhor o seu corpo.

As linhas A, B e C mostram as distancias entre os ombros, cintura e quadril, respectivamente. Ao traçarmos as linhas D e E, percebemos que os ombros são os mais largos do corpo de Meghan, indicando um corpo triangulo invertido.

Porém, nas marcações G e F, verificamos que a sua cintura é um pouco larga, pois a distancia da linha B para as linhas D e E é pequena. Isso indica um corpo retângulo.

Se Meghan estivesse fazendo uma Consultoria de Imagem, receberia sugestões de modelagens desses dois tipos de corpo: triangulo invertido e retângulo.

Nas linhas H, podemos verificar que o vestido escolhido para a ocasião acima é excelente para o seu tipo fisico. Manga cavada e angular, disfarçando os ombros. Cortes horizontais em três pontos, delimitando as linhas naturais do corpo. Duas linhas horizontais na altura do culote, alongando a silhueta. E, por fim, uma cauda de sereia, chamando atenção para os pés (o que disfarça os ombros) e evidencia um corpo violão.

Corpo de Grávida

Apesar de ter um corpo com características de triangulo invertido e retângulo, Meghan está com uma gravidez avançada, o que deixa toda mulher com um corpo de características um pouco mais oval. E isso significa um desafio ainda maior para quem quer aparentar elegância e harmonia no visual.

IMG_4557

Na foto acima, podemos observar um corpo mais oval, mas a escolha do vestido foi tão certeira que suavizou a sua aparência de grávida e garantiu sofisticação ao look.

O vestido escolhido tem duas características principais que contribuem para deixar um corpo oval mais harmônico. A primeira delas são as linhas da pala superior do vestido, chamando atenção para cima e, ao mesmo tempo delimitando, sem marcar, a parte superior do corpo. A segunda característica é a saia midi levemente evasê, chamando atenção para a parte inferior do corpo.

Outra observação importante no modelo do vestido é a comprimento altura da saia e manga, que expõe as partes mais finas do corpo (tornozelos e pulsos), dando a aparência de um corpo mais longilíneo e esbelto.

Mas nem tudo são flores, a pala do vestido pode bloquear os seus movimentos e se tornar desconfortável.

Escolhas

Meghan Markle costuma fazer boas escolhas em relação a seu tipo físico, o que nem sempre é fácil.

A análise de tipo físico, realizada aqui como forma de exercício, é um dos serviços da Consultoria de Imagem que você também pode ter acesso. Neste serviço, realizo medições do corpo, verifico o seu tipo físico e preparo um dossiê com sugestões de modelos de roupas que estejam de acordo com o seu corpo e objetivo pessoal (ou profissional).

Para mais informações, entre em contato clicando aqui ou mande um e-mail para contato@vaquiriaelissa.com.br.

 

A Temperatura de Marcella

Semana passada, falamos nos stories do Instagram sobre a temperatura de pele da Youtuber Marcella Tranchesi. Como tiveram muitos comentários, resolvi fazer um post fixo aqui no site!

Antes de começarmos, gostaria de lembrar que a única forma de se descobrir a coloração pessoal e temperatura de pele de alguém é a partir da Análise Cromática. Dessa forma, as análises aqui realizadas são apenas para fins de exercício e exemplificação.

Temperatura da Pele

Todas as cores possuem três categorias de características: temperatura, profundidade e intensidade. Hoje falaremos apenas da temperatura, que pode ser quente (fundo amarelo), fria (fundo rosado/azulado) e neutra (tem um pouco de amarelo e de azul/rosa).

Temperatura de Pele x Temperatura de Base

Escolher o tom certo de base não é fácil! Até os mais experientes e entendedores do assunto encontram dificuldades e, por vezes, acabam usando uma base com tom diferente da pele.

vestido

Na foto acima, vemos um exemplo claro de base fria (fundo rosado) em pele quente (fundo amarelado).

Esse é um erro comum. Ela é linda de qualquer forma e a maquiagem está com um acabamento perfeito, mas o tom correto ficaria ainda melhor.

Muitas vezes criamos emoção com as cores (e com as maquiagens também) e não escolhemos os tons que são mais adequadas para a nossa coloração pessoal. A mesma coisa pode acontecer com as roupas que usamos.

Temperatura de Pele x Temperatura da Roupa

Quando escolhemos uma roupa, o ideal é usarmos algo que esteja de acordo com a nossa coloração pessoal. Ou seja, a recomendação para uma pessoa com pele quente é usar roupas com cores quentes também.

Lembre-se que hoje estamos falando apenas de temperatura, mas as outras características das cores (profundidade e intensidade) também são de extrema importância.

quente-frio-azul.jpg

Por definição, o azul é uma cor fria (e o amarelo é uma cor quente). Todavia, existem azuis mais frios e outros menos frios. Na foto acima, por exemplo, temos um azul frio do lado direito e um azul “esquentado” no lado esquerdo.

Percebam que o azul “quente” tem um fundo mais amarelado e na foto fica até parecendo um verde azulado.

No caso do vestido usado pela Marcella, temos um azul frio.

vestido original modificado

Na foto original (a direita), Marcella está usando um vestido azul frio. Já do lado esquerdo, realizei modificações e podemos observar um vestido com uma coloração mais quente.

Por ter a pele com fundo quente, as roupas de tons quentes deixam Marcella com mais harmonia em relação a cor. Porém, esse vestido é bem decotado e aparece bastante pele, o que é uma excelente forma de se usar uma roupa que não entra na nossa coloração pessoal.

Pele e Roupas “Quentes”

Abaixo podemos observar uma coletânea de fotos de Marcella com roupas de tons mais quentes.

Percebam como essas cores encaixam bem na coloração pessoal dela. As cores mais quentes realçaram a beleza, mas sem chamar mais atenção do que ela. O que deve chamar atenção é a pessoa e não a roupa!

Outros artigos

Se quiserem saber mais sobre temperatura, coloração pessoal e análise cromática, acessem os artigos abaixo ou entrem em contato.

E ai, noivinha? Qual o seu branco?

O que é e como é feita a Análise Cromática?

Consultoria de Imagem na Elsa de Frozen

 

Batons – A Série: Episódio Temperatura.

No episódio de hoje vamos falar sobre temperatura das cores dos nossos batons!

Batom é aquela história, quando a gente começa a usar e passa a se gostar de batom, não quer mais largar! Mas tem muitas mulheres que se sentem desconfortáveis usando batons. Isso pode acontecer por dois motivos: não faz parte do seu estilo de vida (não gosta) ou, ainda mais comum, não encontrou as cores certas!

E quais seriam as tais cores certas? Bem, quem vai dizer isso é a sua coloração pessoal!

Na análise cromática (clique aqui para saber mais) uma das avaliações que realizamos é a análise da temperatura da pele, que pode ser Quente, Fria ou Neutra. Saber qual a sua temperatura de pele, assim como saber o seu nível de contraste, ajuda a saber com precisão quais tons (e temperaturas) de batons que ficam melhor com a sua pele.

Vamos a Prática!

Para ilustrar, selecionei alguns batons do meu acervo. Como tenho pele fria, selecionei batons frios e vibrantes, como podemos ver abaixo.

img_1891

Perguntei lá no Instagram qual era a característica em comum entre as cores desses batons e a maioria respondeu FRIO! Oba! Mas além disso são Vibrantes, ou seja, as cores são Vivas!

E o que isso significa? Significa que para usar esses tons de fúcsia e ficar maravilhosa, a pessoa deve ter a pele FRIA (ou neutra, mas isso é assunto para outro dia) e VIVA (a pele deve aguentar tons saturados)!

Por isso muita gente fala: “acho lindo esse batom em você, mas não fica bem em mim!”. Embora muitas vezes frases como essas são usadas em tom de desdém, elas guardam uma verdade: nem todo tom de batom é para todo mundo!

A Cor de Gisele

No último de artigo da serie de batons, usamos a musa Gisele Bündchen como exemplo. E para ilustrar a temperatura dos vamos novamente observar a übermodel!

 Na foto acima, temos Gisele com batons em tons quentes, perfeitos para ela, pois harmonizam com a sua coloração pessoal (e nível de contraste).

Já na foto acima, temos a nossa Gisele com batons frios que fogem da sua coloração pessoal.

Muita gente, ao usar tons inadequados para a sua coloração pessoal relatam que se “sentem igual uma palhaça”. Essa sensação acontece justamente por que a cor do batom “chega antes” da pessoa!

O meu tom

Já pessoas como eu, com pele fria (e viva), os tons dos batons frios harmonizam com minha coloração pessoal.

Porém, quando se trata de batom, o gosto pessoal conta muito! Mesmo tendo a pele fria, eu poderia usar tons nudes (ligeiramente rosados) e menos chamativos. Mas eu gosto de tons vibrantes e combinam com a minha personalidade!

Método Marie Kondo de Organização

Recentemente, a Netflix lançou o seriado “Tidyng Up” ou “A Mágica da Arrumação” com a Marie Kondo, personal organizer japonesa mundialmente conhecida pelo seu método KonMarie.

Eu assisti a série e, como personal organizer, gostaria de fazer algumas observações referente ao método dela, o que tem de interessante e as diferenças em relação ao método brasileiro.

O video de hoje do canal “SE ENXERGA!” é sobre isso! Então, clique aqui para assistir e não esquece de se inscrever no canal!

Sobre Cabelos Brancos!

Há dois anos, minha mãe resolveu que iria usar seus cabelos brancos, o mais natural possível.

O primeiro passo foi ficar loira, com o tom mais claro que conseguiu. Conforme a raiz aparecia, ela fazia algumas luzes (nos fios que ainda estavam escuros) e passava totalizantes para igualar o tom.

Essa foto é do dia do meu casamento, em agosto de 2015, em um dos últimos momentos que estava loira.

Eu sempre dei força e sabia que ficaria linda com cabelos brancos também.

De fato, sua pele clara de tom neutro permite usar tanto tons loiros dourados (pérola) quanto tons acinzentados (prata). O processo foi longo e ela quis desistir algumas vezes, mas em algum momento há aproximadamente dois anos atrás seus cabelos ficaram brancos!

Críticas

As críticas foram as primeiras a surgir: “pinta isso”, “tá mais velha”. E, por vezes, as críticas incomodaram. Mas nós a apoiamos, aquilo a deixaria mais feliz (e mais gata impossível). Então, ela se manteve forte, fincou o pé e foi fundo.

Acredito que as pessoas que criticam uma decisão pessoal (e tão certeira) quanto essa são as primeiras a não aceitar o seu próprio envelhecimento. Tudo bem você não querer deixar seus próprios cabelos brancos, mas criticar outras pessoas simplesmente por que você não se vê fazendo é errado e pode magoar! Até por que a forma que se critica faz muita diferença!

Por sorte, com o passar do tempo, os cabelos brancos dela começaram a render muito mais elogios do que críticas, como no dia da foto abaixo, que foi surpreendida por uma pessoa desconhecida num restaurante para falar como estava linda e elegante com os cabelos brancos.

Sim, ela ficou maravilhosa e está adorando seus cabelos brancos, mas o importante é saber que essa foi uma escolha pessoal e que, a qualquer momento, ela pode voltar atrás, se isso for de seu interesse.

Preparação e Cuidados

Ao contrário do que a maioria pensa, os cabelos brancos também precisam de muitos cuidados.

Um corte bem feito e de acordo com o formato do seu rosto é um começo.

A análise cromática ajuda a identificar os tons de branco que mais combinam com o tom da sua pele.

A identificação do seu nível de contraste te ajuda a saber quais as estampas que ficam melhor em você e como a mudança para o cabelo branco pode afetar a escolha da roupa.

Em termos gerais, deixar os cabelos inteiramente brancos, pode aumentar o seu nível de contraste (pessoas negras) ou diminuir (pessoas brancas). Sabendo disso, antes das mudanças, você já aprende as técnicas e artifícios para usar algumas roupas que ficavam boas antes e, hoje, nem tanto.

Além disso, tem a questão de manutenção do tom dos fios. É preciso usar cremes capilares (tipo leave in) com filtro solar, shampoos totalizantes e matizadores específicos.

Quero assumir os brancos, o que fazer?

Se você também pretende deixar seus cabelos brancos, tenho um serviço específico para você que inclui: análise cromática, contraste pessoal, visagismo e tipo físico, avaliação das estampas, teste de cor de maquiagem e consultoria de profissionais e produtos.

Com esses serviços vamos conhecer sua coloração pessoal e traçar uma estratégia para que você realize o sonho de ter um cabelo branco estiloso e saiba usar suas cores em seu favor.

Para mais informações, entre em contato por e-mail (contato@valquiriaelissa.com.br) ou clique aqui, vai ser um prazer te atender.