Calendário de Metas e Desafios

Como eu contei lá no Instagram, tenho uma certa dificuldade de cumprir minhas próprias metas e desafios pessoais diários.

Por isso, criei um template de calendário para me ajudar com esses objetivos e resolvi adicionar um desafio de imagem para vocês também! Afinal, minha missão como Consultoria de Imagem é levar a beleza autossuficiente para meus clientes e os que me seguem! Eba!

O Calendário

O objetivo do calendário é fazer com que a gente consiga acompanhar de uma forma visual e sintética os nossos desafios de imagem e saúde.

Cada dia do calendário possui 4 desafios/metas: Alimentação, Consumo de Água, Exercícios e o “Desafio da Val” (#DesafiosDaVal).

Calendario Completo

Para os campos de Alimentação, Consumo de Água e Exercícios, cada um vai estabelecer o seu próprio objetivo. Por exemplo:

  • Alimentação: “seguir a dieta estabelecida pelo meu nutrólogo” ou “me alimentar bem.”
  • Consumo de Água: “beber 2 litros de água por dia.”
  • Exercícios: “fazer exercícios 4x na semana.”

Para saber a quantidade de água ideal para você, multiplique o seu peso por 35 ml. Por exemplo: uma pessoa de 60kg deve beber 2,100 litros por dia (60 x 35 ml).

Desafio da Val

Toda semana teremos um desafio diferente que será divulgado na semana anterior (pelo meu Instagram @valquiriaelissa) para que vocês possam se preparar. Serão desafios fáceis com o objetivo de tirar da sua zona de conforto e criar bons hábitos em relação a sua aparência e imagem.

O desafio começa na segunda-feira dia 1o de Abril de 2019 (e não é mentira)! Então fiquem ligados ao tema da primeira semana que será divulgado no dia 25 de Março!

Como preencher o calendário

Ao final de cada dia você irá marcar de azul o que você conseguiu realizar e de vermelho o que você não conseguiu. Dessa forma, você consegue visualmente verificar como andam seus hábitos e metas. Veja o modelo abaixo:

Calendario Completo preenchido

Como exercícios físicos nem sempre são realizado diariamente, marque de cinza ou preto os dias que não pretende fazer. Mas tente se programar com antecedência e marcar de cinza antes da semana iniciar.

O Template

Para baixar o template em pdf, clique aqui.

 

 

 

 

Lição Toon: Persistência

Se você era criança na década de 90 e assistia Cartoon Network, possivelmente se lembra dessa vinheta.

“É hora de outra lição toon / Sua mente se abrirá / Porque neste mundo louco / Nunca sabes o que encontrarás”!

Para quem não sabe, era um “programinha” de 1 minuto que tentava dar uma lição de moral e vida para crianças, utilizando exemplos dos desenhos. Muitas vezes beirava o non-sense, mas eram bem eficaz para as crianças.

Dito isso, a lição toon de hoje é: Persistência!

Persistência

Brincadeiras e toons a parte, acho que a mensagem que fica é que: sem persistência e resiliência a gente dificilmente vai atingir nossos sonhos e no que consideramos “sucesso”.

Não é do dia pra noite que vamos alcançar tudo o que queremos. E cada um tem o seu tempo (fica aqui um lembrete para ver o video do último post, sobre o Jay Shetty).

Seja na sua carreira ou na sua vida pessoal, o importante é persistir. Vai ter momentos ruins, vai! Talvez você caia muitas vezes, mas o importante é se levantar. Se levantar, aprender com seus erros e amadurecer!

Minha Experiência

Na minha carreira eu tive uma serie de reviravoltas. Tive momentos de amor e ódio pelos meus diferentes empregos. Mas sempre soube que teria algo mais para mim. Fui me descobrindo e persistindo.

Eu tinha uma noção do que eu queria, mas achava tudo muito difícil, achava que “não tinha mercado”, eu tinha medo de falhar e acabei não tendo coragem e autoconhecimento para dar o passo para frente. E nessa época tudo era mais fácil, eu não tinha filhos e quase não tinha responsabilidades.

Hoje, está tudo relativamente mais difícil. Tenho menos tempo e muito mais responsabilidades. Mas eu resolvi me dar uma chance e o que era difícil se desmitificou e eu me reinventei.

Cada caso é um caso

Como sabemos, cada caso é um caso. Não estou falando para você surtar, jogar tudo pro alto. Não. Siga os seus sonhos com consciência, pé no chão, tranquilidade e PERSISTÊNCIA! Não vai ser do dia pra noite, mas dá pra chegar lá!

* * *

“Essa foi outra lição toon / E se você pouco sabia / Caminhando pelo mundo / Vai aprender o que não queria!”.

Gostaram dessa nova seção?

Epifania em Santiago de Compostela

Hoje gostaria de compartilhar um relato emocionante que meu irmão Pedro Guilherme (@pgt_1988) escreveu ao finalizar o caminho de Santiago de Compostela que fez com meu pai em Setembro de 2017.

Meu pai intitulou de:

“A Epifania em Santiago de Compostela – o corolário do caminho bem feito pelo peregrino sensível”.

Após aproximadamente 165 km caminhados chegamos no sétimo dia na cidade de Santiago de Compostela. Já estávamos exaustos, porém animados com a chegada e ansiosos para ver a catedral e a sua tradicional missa.

Assim como nos outros dias havíamos acordado bem cedo e preferimos não parar para tomar café pois assim chegaríamos a tempo para a missa. A cidade estava agitada com muitos turistas e a fila para a catedral era enorme. Tivemos antes que arrumar um local para deixar nossas pesadas mochilas pois não é permitido entrar com elas. E então fomos para a fila.

Cansados, com fome, animados, competitivos após tanta andança e irritados com algumas pessoas que pareciam furar a fila e com a desorganização, nós não nos abalamos pois éramos quase os próximos a entrar. Quando o segurança nos informa q a missa iria começar e já estava praticamente lotada. Após um breve momento de tensão conseguimos entrar por pouco, fomos os últimos de uma fila que ainda se estendia por metros sem fim.

Era meio dia em ponto, a missa havia começado e internamente a catedral era grandiosa! Centenas, se não mil pessoas entre peregrinos, religiosos e turistas olhavam impactados sua magnitude de proporções e sua decoração imponente, dourada como o sol.

Ao entrarmos após todo esse caos mundano se esgueirando por pessoas, fiz o sinal da Cruz e fui atravessado pelo coral mais angelical que já havia ouvido, acompanhado de órgãos monumentais. Em uma fração de segundo minha energia havia mudado da água pro vinho. Não consegui conter a emoção, lágrimas corriam dos meus olhos copiosamente, assim como agora ao escrever esse texto. Foi completamente assoberbador!

O tamanho da gratidão, da recompensa.. parecia que eu havia entrado no céu! Senti de forma tão sublime na alma o arrependimento e o meu próprio perdão, por tudo de errado que eu já havia feito na minha vida. Todo o sentimento ruim de medo, raiva entre tantos outros que eu tinha gerado em mim e em terceiros, parecia que tinha sido compreendido e absolvido.

Junto de uma gratidão que não cabia em mim, para com a minha família e amigos e tantos outros que me tocaram e influenciaram. Queria compreender melhor o que estava acontecendo, pois não me julgo religioso, mas as lágrimas não me deixavam.

Andamos pela catedral enquanto a missa decorria, para ver todos os seus ângulos e recantos e as imagens, mas tudo me fazia querer chorar, era bonito demais, toda a dificuldade e superação e a busca por algo melhor e elevado em si e para o mundo. Foi uma experiência transcendental, não sei explicar. tentei rezar e rogar pelos meus, mas não conseguia me concentrar, só sabia sentir, se existe Deus acho que ele entendeu. Quando eu me recuperava um pouco da emoção o bendito coral começava novamente e lá ia eu me debulhar em lágrimas, a um ponto que um rapaz me cutucou e ofereceu-me alguns lenços de papel, que pelo meu estado não tinha como recusar. Pensei na capacidade de empatia, solidariedade e de fazer o bem que os homens tem, e de se aproximarem do divino, e aí mesmo que os lenços vieram a calhar.

Catarzes a parte, o bota fumeiro gigantesco que havia na catedral foi um verdadeiro show. Um defumador cheio de insenso que é balançado de um lado para o outro até quase atingir o teto, só estando lá mesmo para entender as dimensões. A missa acabou com o padre desejando a paz de Cristo a todos e dizendo adeus em diversas línguas. Senti verdadeiramente o significado de paz. Estava num outro plano, mais lento, mais contemplativo. Tiramos mais algumas fotos e eu e meu pai sem dizer muitas palavras fomos buscar um restaurante para finalmente comermos. Que dia! Obrigado meu Deus por tantas bênçãos!

PS: Estava animado e contente por fazer essa viagem com o meu querido pai, obviamente era uma oportunidade muito bacana. Mas ao longo da caminhada assim como segundos antes de entrarmos na missa algumas pessoas nos perguntavam se éramos pai e filho, e quando respondiamos que sim elas quase se emocionavam. Agora começo a entender o porquê. Esta viagem de caminhada até Santiago de Compostela é mágica, independente das crenças de cada um. Recomendo fazê-la quando tiverem a disponibilidade devida. Muita luz no coração de todos vocês!

TED Talks Bacanas #1

Oi, gente! Hoje vamos estrear a tag #tedtalksbacanas! Para quem não conhece, os TED Talks são palestras no qual os palestrantes (que são experts em determinado assunto)  tem entre 10 e 25 minutos para resumir, com um certo entusiasmo, alguma ideia ou conceito. O objetivo oficial segundo a própria organização é a disseminação de ideias.

Para inaugurar a tag, um TED Talk que eu, pessoalmente, adoro!

Está sem legenda, mas vou deixar o link para o vídeo com legenda:

Emily Wapnick – Por que alguns não têm vocação específica

E ai? Gostaram?

Tem algum TED Talk que gostaria de ver aqui? Deixa seu comentário!